quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Museu Histórico recebe evento cultural gratuito


Será realizado no próximo sábado (12) a Feira de Discos Londrinil, no Museu Histórico de Londrina (rua Benjamin Constant, 900, centro), entre 11h e 18h, com entrada gratuita.
O evento terá feira de discos de vinil, shows com as bandas Wood Surfers (surf music, de Londrina) e Fossa (punk rock, de Maringá). E ainda bazar cultural com vitrolas, acessórios, camisetas, bottons,
  artesanato.

O Museu Histórico de Londrina é um importante espaço cultural não só de Londrina, como de toda a região.
O Museu foi inaugurado em setembro de 1970 e desde 1986 usa como sede a antiga Estação Ferroviária de Londrina, no centro da cidade.


O grupo Londrinil reuniu artistas e colecionadores de Londrina, Maringá e região para fazer esse evento gratuito e contou com apoio da direção do Museu que cedeu o espaço para um evento cultural gratuito.

Nos responsabilizamos pela manutenção do local no dia do evento e contamos com a colaboração dos expositores, artistas e público na limpeza e para jogar o lixo nas lixeiras.
Não é permitida a venda e consumo de bebida alcoolica no local. Pedimos a compreensão de todos.

O Londrinil já participou de feiras de discos no Kinoarte, no Celso Tattoo, no SESC Cadeião Cultural e no Mi Casa Barbearia, entre outros espaços londrinenses, variando os dias e horários para que públicos diferentes possam visitar o evento.
Além de feiras em Curitiba, São Paulo, Presidente Prudente e cidades da região.
 


EXPOSITORES:
-Malucas Discos (Londrina)
-Alexandre Heringer (Londrina)
-José Lourenço (Londrina)
-Sebo Raul (Londrina)
-A Toca Antiguidades (Londrina)
-Zombilly (Maringá)
-Omisso Records (Maringá)
-DiBowie (Maringá)
-Ruffians Records (Marialva)


Mais outros do bazar cultural com acessórios, camisetas, bottons, artesanato, entre outros. 

* Confira a página do Londrinil no Facebook . 

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Curitiba recebe colecionadores de vinil em feira na Boca Maldita


Os principais vendedores e colecionadores de discos de vinil do Paraná, São Paulo e Santa Catarina se reunirão no próximo sábado (5) na Feira de Discos da Boca Maldita, em Curitiba. É a segunda edição do evento que surgiu para ser uma feira de discos intermediária e teve sua estreia em fevereiro desse ano, reunindo um grande público (foto acima) que lotou dois salões do hotel Slaviero Slim (na avenida Luiz Xavier, 67, com calçadão da XV de Novembro). “Tentamos manter a mesma proposta: uma feira média, com bons expositores, no centro da cidade e que tenha identidade com Curitiba e sua cultura”, comentou o organizador Marcos Duarte (foto abaixo). “Vamos repetir em torno de 75% os expositores. Há uma renovação e tivemos bem mais inscritos para esta edição. Mas, o espaço continua o mesmo”.

A feira tem entrada gratuita entre 10h e 19h e apresenta também eventos paralelos como uma homenagem à banda curitibana Blindagem, que completa 35 anos de atividade.
A ideia original da feira era fazer apenas uma edição em cada semestre. Mas a demanda e o interesse do público e expositores foi tamanha na primeira edição que o projeto foi revisto. “O bom resultado da primeira e a incerteza nas datas de outras feiras nos fizeram repensar em ter pelo menos mais uma data”, explicou Duarte. Ele completa que será feita outra edição no final do ano e a data será anunciada em breve.

MERCADO – Curitiba se transformou no maior ponto de interesse dos vendedores e colecionadores nas regiões Sul e Sudeste. Há três feiras regulares e outros eventos menores frequentes somente com expositores locais. Os eventos tem sempre grande público e uma ótima oferta de discos, com variedade e bom preço. “Há um interesse bastante grande entre os jovens que traz todo um entusiasmo às lojas e eventos. Nunca considerei que isto fosse uma “modinha” e que logo passaria. Temos novos interessados, jovens e não tão jovens e apesar da crise que o país enfrenta, o vinil continua forte”, considera Duarte.
A Feira de Discos da Boca Maldita é organizada pelo Sebo Joaquim e a loja Sonic. O Clube do Vinil de Maringá (CVM) participará do evento com os expositores Projeto Zombilly e Malucas Discos.

* Confira a página da Feira de Discos da Boca Maldita no Facebook .

Texto e fotos: Andye Iore

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Devo lança box em vinil colorido


Será lançado em agosto um box com quatro discos em vinil colorido e 3 mini CDs da banda Devo. A caixa "Recombo DNA" é uma coletânea com 58 músicas, entre 1977 e 2008, sendo que a maioria não está na discografia oficial, tendo sons ao vivo, demo tapes e sobras de estúdio que haviam sido lançadas somente em CD anteriormente.
Há opções de cores diferentes dos discos para escolher. Os vinis são em 140 gramas e tem um encarte poster. A pré-venda em sites de lojas está por 53 libras, aproximadamente R$ 215. Já o site da banda anuncia uma opção especial do box mais um macacão de cientista do Devo por US$ 190 libras (aproximadamente R$ 770).

Com imagem e informações traduzidas do ClubDevo.com

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Morreu, virou fã


O artista e ilustrador francês Paskal Millet publicou hoje em sua página no Facebook uma charge sobre os "fãs" de artistas mortos, citando disco de vinil. Aqueles bem comuns na internet que assim que um artista morre, demonstra ser fã sem antes ter se manifestado assim. Millet sempre cria personagens com referências ao rock e filmes de horror. 
* Confira a página de Paskal Millet

Austrália ganha fábrica de discos depois de 30 anos


Será aberta no começo de 2018 em Melbourne, na Austrália, uma nova fábrica de discos. O país voltará a produzir discos de vinil depois de 30 anos.
Curiosamente, a Program Records não restaurou prensas antigas que estavam esquecidas em algum ferro velho, como é comum no setor. Mas sim operará somente com novas máquinas feitas pela empresa canadense Viryl Technologies (que você já conhece daqui) , com tecnologia de ponta no mercado fonográfico, garantindo qualidade de áudio e rapidez na produção das copias, numa variedade de produtos.
Texto: Andye Iore com informações traduzidas da MixDownMag

Reading recebe grande feira de discos


Que tal pegar um avião nesse final de semana e garimpar discos em Reading, na Inglaterra?! Sorte de quem poderá ir na Reading Record Fair que acontecerá no próximo domingo (23), entre 9h e 15h, reunindo 164 expositores num grande galpão do Rivermead Leisure Complex.
Será a segunda feira do ano desse grupo que reúne colecionadores de discos de vinil, CDs, DVDs, memorabilia, livros, fitas K7, acessórios, entre outros produtos à venda a partir de 0,50 libra (aproximadamente R$ 2).
O acervo sempre é bem variado com discos de todos os gêneros musicais. A variedade é tamanha que o evento reúne até astros, como o guitarrista Jimmy Page que foi flagrado comprando discos na edição anterior (foto) realizada em fevereiro desse ano. A chamada da feira é curiosa: "Por que pagar 20 libras num disco novo, se você pode achar o original aqui por menos de 5 libras?"
Texto: Andye Iore / Foto: Reading Record Fair

quinta-feira, 20 de julho de 2017

The Smiths lança box especial de “The queen is dead”


Essa vai doer no bolso. Será lançada pela Warner em outubro uma edição especial do disco “The queen is dead”, lançado pelo The Smiths em 1986. É a terceira edição em 2017 em comemoração aos 30 anos do álbum celebrados desde o ano passado.
Será um box com gravações inéditas, demo tapes, ao vivo, b-sides e versões diferentes das músicas originais.
Anteriormente, foi lançado em abril para o Record Store Day o single “The boy with the thorn in his side”, que teve restrição de venda de uma unidade por pessoa. E também outro compacto com a música "The queen is dead" que esgotou rapidamente. 
O box “The queen is dead” terá 23 músicas e será lançado no dia 20 de outubro na Inglaterra. A edição está em pré-venda em sites na Inglaterra por 70 euros, aproximadamente R$ 290. 

Confira o track list do box:
1 - The Queen Is Dead
2 - Frankly, Mr. Shankly”
3 - I Know It’s Over”
4 - Never Had No One Ever”
5 - Cemetery Gates”
6 - Bigmouth Strikes Again”
7 - The Boy with the Thorn in His Side”
8 - Vicar in a Tutu”
9 - There Is a Light That Never Goes Out”
10 - Some Girls Are Bigger Than Others”
11 - The Queen Is Dead” (Full Version)
12 - Frankly, Mr. Shankly” (Demo)
13 - I Know It’s Over” (Demo)
14 - Never Had No One Ever” (Demo)
15 - Cemetery Gates” (Demo)
16 - Bigmouth Strikes Again” (Demo)
17 - Some Girls Are Bigger Than Others” (Demo)
18 - The Boy with the Thorn in His Side” (Demo Mix)
19 - There Is a Light That Never Goes Out” (Take 1)
20 - Rubber Ring” (Single B-Side) [2017 Master]
21 - Asleep” (Single B-Side) [2017 Remaster]
22 - Money Changes Everything” (Single B-Side) [2017 Master]
23 - Unloveable” (Single B-Side) [2017 Master]

Com informações traduzidas de Pitchfork e NME

terça-feira, 4 de julho de 2017

CVM recebe show do Pré-Paraíso do Rock


A 24ª edição da feira do Clube do Vinil de Maringá (CVM) será realizada no próximo domingo (9), entre 9h e 15h30, no Mercadão Municipal de Maringá, na avenida Prudente de Morais, 601, centro de Maringá, com entrada gratuita.

Além da feira de discos e bazar cultural dessa vez teremos participação do Paraíso do Rock que estará vendendo ingressos antecipados para o festival que acontecerá na próxima semana e apresenta uma prévia do evento com show de Tiago Tu.

O músico fará um set acústico com músicas do festival de algumas bandas que já tocaram em edições anteriores e outras que tocarão esse ano. Tiago Tu é músico oficial do festival fazendo a abertura em algumas edições e participando de eventos paralelos de divulgação do evento. O show na feira do CVM deve começar por volta das 12h30 aproveitando grande o fluxo de pessoas que almoçam nos restaurantes do Mercadão.

Além disso tem o acervo de discos do CVM que é  um dos melhores do Paraná com muitas raridades em discos usados, edições especiais gringas e discos de gravadoras independentes brasileiras. Os expositores aceitam pagamento com cartão e também compram e trocam discos. 

PARTICIPANTES DO EVENTO:
-Zombilly – discos e acessórios
-Omisso Records – discos e acessórios
-Malucas Discos – discos
-Ruffians Records – discos e artesanato
-Videocolor – discos, vitrolas e agulhas
-DiBowie – camisetas
-Half Way – camisetas
-Vosotras Atelier – artesanato e eco-decor
-RockDekoR – caixas e decoração
-Frank Paris – exposição artística
-Paraíso do Rock – venda de ingressos
-DJ Edson Laars
-Tiago Tu – show acústico


APOIO: jornal Metro, Paraíso do Rock, escola de música Fábio Alencar, radio Mundo Livre, Alamanda Bistrô Bar, Holy Hops Tap Station, Mercadão Municipal


* Confira as atrações do Paraíso do Rock 2017

Texto: Andye Iore

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Trilha 80´s embala a VI Feira Vinil Vivo

A sexta edição da feira de discos da Vinil Vivo será realizada no dia 8 de julho, sábado, entre 10h e 18h, no Nova Garagem, na rua México, 808, no Bacacheri, em Curitiba. O evento tem entrada gratuita e apresentará expositores e colecionadores de São Paulo, Santa Catarina e Paraná, incluindo o Clube do Vinil de Maringá (CVM).
Seguindo na iniciativa de valorizar artistas locais, o organizador Aroldo Glomb Jr convidou o DJ Gilber Pontes (foto), que também é um dos expositores da feira de discos. O DJ Gilber é especialista em anos 80, combinando bem com o público da feira que reúne muitos fãs de bandas dessa década. Ele discoteca desde 1989 e comanda a festa "The Friend's Party" que tem um público cativo na cidade. "Conciliei o útil ao agradável, vendo e toco os meus LPs preferidos", comenta Gilber Pontes com sua tradicional simpatia e bom humor. "Acho legal a expressão das pessoas ao ouvir o som dos discos, sempre perguntam se o que está rolando é do vinil mesmo".

EXCLUSIVOS - O destaque da Vinil Vivo é a qualidade do acervo com discos que não tem em nenhuma outra feira de vinil em Curitiba. É possível encontrar desde as tradicionais raridades usadas até títulos de metal extremo underground, passando por compactos curiosos de selos independentes que fazem tiragens mínimas e logo desaparecem do mercado. Por isso, cada visita na feira Vinil Vivo é única, já que na próxima edição não terá mais muitos dos discos ofertados.
E há discos de MPB, eletrônico, reggae, RAP, heavy metal, punk, alternativo, blues, psychobilly, entre outros. Vale ressaltar que cada expositor tem seus preços, sendo possível achar promoções a menos de R$ 10 o disco.
RANGO - Além dos discos de vinil a feira do Vinil Vivo tem acessórios, camisetas, bottons, livros, decoração, entre outros. A parte de gastronomia terá chopp artesanal da Coutbeer e a Barraca do Cesar com cardápio com 200 sabores de pastéis. E, claro, o amplo acervo da própria Nova Garagem que tem todo tipo de antiguidade, desde uma simples latinha de refrigerante até carros antigos. A loja participa do evento apresentando também vitrolas e muitos discos de vinil.

Texto e fotos: Andye Iore / Zombilly

quinta-feira, 29 de junho de 2017

Sony volta a produzir vinil depois de 30 anos


A notícia divulgada em sites de vários países hoje (29) agitou o mercado fonográfico. A Sony anunciou que voltará a produzir discos de vinil a partir do começo de 2018. A gigante da tecnologia contrata funcionários e compra equipamentos para voltar a lançar os bolachões. A fábrica será instalada em Toquio, no Japão. 
A grande empolgação no setor é porque a Sony era uma das maiores fabricantes de discos entre as décadas de 1960 e 1980. E além dos discos também deve voltar a fabricar vitrolas, já que é uma das líderes no mercado tecnológico e tem uma ampla variedade de equipamentos em seu catálogo.
Para quem curte rock não terá tantas opções a mais, já que o catálogo da Sony sempre foi focado em artistas pop. Com investimentos ocasionais em sub-selos para outros gêneros.
A Sony parou de fabricar discos de vinil em 1989 para se dedicar somente à produção de CDs.

Texto: Andye Iore com informações do The Guardian

terça-feira, 27 de junho de 2017

Clube do Vinil participa de lançamento de CD em Umuarama


O Clube do Vinil de Maringá (CVM) participará no próximo domingo (2) do lançamento do CD da banda de surf music Terremotor, em Umuarama (a aproximadamente 165km de Maringá). O evento será gratuito no lago Aratimbó, na avenida Paraná, Zona 3, a partir das 15 horas.
A banda foi formada em 2015 e toca com frequencia pelo interior paranaense, levando o rock autoral para bares e espaços públicos gratuitos. O disco é homônimo é o primeiro album da banda, tem nove músicas e está à venda por R$ 15.
Essa é a primeira vez que o Clube do Vinil de Maringá vai até Umuarama. É uma oportunidade bacana para conhecermos colecionadores de discos da região, já que ocasionalmente recebemos pessoas de Umuarama em nossas feiras de discos em Maringá.
Além do show e do estande com discos de vinil, o evento terá ainda teatro, exposição de fotografias e apresentação de capoeira. Confira o evento no Facebook .


quinta-feira, 22 de junho de 2017

Galeria da feira Vinil Vivo


Foi realizada no dia 22 de abril a quinta edição da feira de discos Vinil Vivo, em Curitiba, celebrando o Record Store Day mundial. O evento cultural aconteceu no Nova Garagem e reuniu expositores e colecionadores do Paraná, São Paulo, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul, com acervo variado com discos baratos, importados novos e muitas raridades usadas, ressaltando muitos títulos que não há em nenhuma outra feira de discos em Curitiba. O que atraiu um grande público, num ponto de encontro bacana de amigos.
A Vinil Vivo fez parceria com o antiquário Nova Garagem que ofereceu amplo espaço para o evento e ainda somou com um grande acervo, incluindo vitrolas e discos de vinil. A parte cultural teve bazar com diferentes produtos e discotecagem de Bob Zucon. E ainda chopp artesanal da Cout Beer e food truck.
A próxima feira Vinil Vivo também será no Nova Garagem, no dia 8 de julho de 2017.
Texto e fotos: Andye Iore / Zombilly







terça-feira, 20 de junho de 2017

Clube do Vinil participa de eventos em Curitiba


O Clube do Vinil de Maringá já atualizou sua agenda para eventos em Curitiba. Serão duas feiras de discos nos próximos meses:
• dia 8 de julho, sábado - VI Feira Vinil Vivo, no Nova Garagem, com participação do Projeto Zombilly . Confira o evento .
• dia 5 de agosto, sábado - II Feira da Boca Maldita, no hotel Braz Slim, com participação do Projeto Zombilly e Malucas Discos . Confira o evento

Nesses eventos teremos um acervo especializado em rock, destacando discos gringos de punk, heavy metal e alternativo. Além de títulos de RAP, ska, rockabilly, entre outros. 

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Doc mostra trabalho numa fábrica de discos


O documentário “Gotta Groove Records” apresenta todos os processos de fabricação de um disco de vinil. A fábrica da Gotta Groove foi aberta em Cleveland, Ohio, nos Estados Unidos, em 2009, tem foco no mercado independente com alta qualidade e faz no mesmo lugar todas as partes do disco.
O que não é comum na indústria fonográfica, já que nem todas as plantas reúnem estrutura, máquinas, logística e pessoal para isso. A Gotta Groove Records está tão atualizada com tecnologia que oferece até um serviço de crowdfunding para ajudar os artistas a lançar seu próprio disco. A fábrica tem capacidade para fazer até 125 mil discos mensalmente.
O vídeo mostra desde a regulagem dos equipamentos até colocar os discos prontos nas capas, passando pelo curioso processo de fazer os discos com cores mix, como o splatter. O “Gotta Groove Records” tem 14min34 de duração e concorre em dois festivais de filmes independentes: no “Palm Springs International ShortFest” e no “San Francisco Documentary Festival”.

Texto: Andye Iore

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Paraíso do Rock faz festa em Maringá


Será realizada amanhã (10) Maringá a festa Pré-Paraíso do Rock, um esquenta para a décima edição do festival Paraíso do Rock que será em julho. O evento de amanhã será na Cervejaria Araucária (avenida Américo Belai, 2329, próximo da Acema), entre 10h e 19h, com entrada gratuita. As atrações são as bandas The Jalmas (Porto Alegre, RS), The Cherry Bomb (Londrina) e Dogday (Maringá). Os shows serão num palco montado na rua na frente da cervejaria.
Além das bandas a festa terá também feira de discos com o Clube do Vinil de Maringá, food trucks, espaço kids e promoção de chopps da Araucária de 500ml por apenas R$ 10, incluindo a Cerveja Paraíso, feita especialmente para o festival.

DISCOS – A parte dos discos ficará no bar do Tasting Room, onde já fizemos outros eventos anteriores. Teremos uma quantidade um pouco menor dessa vez pela restrição de espaço, mas com certeza muitos discos bacanas.
É uma boa oportunidade de comprar um presente para o Dia dos Namorados. O acervo será variado com discos de rock, MPB, pop, RAP, reggae, heavy metal, punk, entre outros. Incluindo discos baratos a partir de R$ 10. 
* Confira a página do Pré-Paraíso do Rock no Facebook .